Residência Navona no Villa Bella Livorno em Paulínia – 2016~2018

A fachada deste sobrado preserva a porta social sob a sacada da suíte do casal no pavimento superior.
A fachada deste sobrado preserva a porta social sob a sacada da suíte do casal no pavimento superior.

Sobrado construído num dos loteamentos fechados mais valorizados da região incorpora a grande varanda gourmet ao cotidiano da família, que já não espera mais o fim de semana para utilizar o ambiente durante as refeições que antes eram feitas na sala de jantar.

O lançamento do Villa Bella Livorno, ocorrido em 2009, num período de aquecimento da economia, foi um sucesso. Em poucas semanas quase a totalidade dos terrenos foi vendida e a valorização dos lotes foi acentuada, a ponto de alguns deles serem revendidos com preços até três vezes superiores, apenas alguns anos depois.

Mesmo com o início da recessão, entre o final de 2013 e começo de 2014, o valor dos imóveis se preservou, dado a ótima localização do empreendimento, situado praticamente no novo centro de Paulínia. Num raio de apenas um quilômetro da portaria do Residencial Villa Bella Livorno, o morador tem acesso a um shopping center com agência bancária, um hotel de convenções, dois supermercados de grandes franquias, lanchonetes de fast-food, pizzarias, churrascaria, padarias, hospital municipal, farmácias, consultórios variados e o principal: lindas visuais para caminhadas ao final do dia.

Os loteamentos abertos de seu entorno, como o Morumbi, o Jardim Europa, o Jardim Nossa Senhora de Aparecida e o Jardim América, possuem bom padrão construtivo, o que anima que investe em loteamentos fechados das imediações para morar ou ainda para vender casas.

Visão parcial da sala de jantar e estar, antes da instalação do mobiliário, com acesso facilitado para o cômodo reversível e para a escada de perfil aparente.
Visão parcial da sala de jantar e estar, antes da instalação do mobiliário, com acesso facilitado para o cômodo reversível e para a escada de perfil aparente.

Regulamento rígido

Embora o Villa Bella Livorno seja composto cm lotes de largura mínima de 13,5 metros – salvo raras exceções – há severas restrições com relação aos recuos laterais, que devem ser de pelo menos 1,5 metro. Nem as garagens podem ocupar estas faixas de afastamento, sendo permitida a construção de pergolados ao lado delas, desde que sejam preservados 80% da área de iluminação natural.

Outro fator limitante para o desenvolvimento de projetos, responde pela necessidade de garantir pelo menos 30% de área permeável do lote. Interpretamos isso como um incentivo para desenvolver projetos de casas assobradadas, embora também seja possível desenvolver bons projetos de casas térreas.

Novos e antigos costumes

Neste caso, porém, a ideia inicial já era desenvolver o desenho de um sobrado. O programa fornecido contratante contemplava garagem com largura suficiente para três carros (valendo-se do pergolado citado), sala de estar conjugada com sala de jantar com lavabo, além de um ambiente reversível para dormitório de hóspedes.

Contrariando as tendências atuais, a cozinha ficou separada da sala de jantar por uma porta, buscando mais integração com a varanda gourmet, que por sua vez assumiu o protagonismo nas refeições da família, resgatando uma tradição brasileira comum em casas de campo avarandadas. A varanda também possui fácil acesso para a lavanderia e um sanitário externo.

A churrasqueira da varanda gourmet recebeu acabamento condizente com um ambiente interno da casa, incorporando o espaço ao cotidiano dos seus habitantes.
A churrasqueira da varanda gourmet recebeu acabamento condizente com um ambiente interno da casa, incorporando o espaço ao cotidiano dos seus habitantes.

O pavimento térreo de praticamente 170 metros quadrados é completado por um depósito perto da garagem e pela escada que leva ao pavimento superior, sendo dividida em três lances, com o miolo de pé-direito duplo.

O pavimento superior tem quase 85 metros quadrados e está reservado para três suítes. A suíte do casal é servida por uma sacada frontal, possui closet e sanitário com banheira mais cuba duplicada. As demais suítes contam com armários embutidos e sanitários privativos, com acesso em comum para um terraço aos fundos. Na galeria defronte à escada, há espaço para uma bancada de computador, garantindo o pleno uso dos espaços de circulação.

Armário embutido e ampla porta de correr na suíte com assoalho de madeira: iluminação natural e ventilação cruzada favorecida.
Armário embutido e ampla porta de correr na suíte com assoalho de madeira: iluminação natural e ventilação cruzada favorecida.

Beleza e praticidade

A cobertura mescla os conceitos dos telhados aparentes e do telhado embutidos. As telhas cerâmicas do tipo capa e canal tem inclinação suficiente para serem vistas externamente, dado que as platibandas são muito baixas, mas todo o perímetro da cobertura é servido por calhas de colata das águas das chuvas.

O cuidado com a estética da construção é refletido numa reserva de espaço, junto da torre da caixa de água, para a instalação de equipamentos de ar condicionado. Deste modo, reduz-se a interferência de máquinas e utensílios complementares no visual das elevações da residência.

A seção longitudinal do projeto mostra a ocorrência das calhas de coleta de águas pluviais contornando os segmentos da cobertura nos dois pavimentos.
A seção longitudinal do projeto mostra a ocorrência das calhas de coleta de águas pluviais contornando os segmentos da cobertura nos dois pavimentos.

O acabamento escolhido para os ambientes internos preza pela qualidade dos materiais e neutralidade de tons – o que, somado aos demais aspectos do projeto inserido num empreendimento de primeira linha, nos permite afirmar esta residência tem um potencial de valorização crescente, além de atender ao seu objetivo principal: fornecer amparo para seus moradores.

Anterior - Próximo (breve em JeanTosetto.com)


Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário