Colaborações com a Suno Research

Clique na imagem para acessar os artigos publicados no site da Suno Research.
Clique na imagem para acessar os artigos publicados no site da Suno Research.

Construir a casa própria é o sonho de muita gente. Quando alguém consegue realizar este objetivo, precisa continuar pensando no futuro. Uma das melhores formas de garantir a previdência e a segurança da família é investir no longo prazo através do mercado de capitais. Como? A Suno Research tem a resposta.

Por Jean Tosetto *

Em meu escritório de Arquitetura posso afirmar que 80% das pessoas que me procuram para desenvolver um projeto desejam construir a casa própria que é, de fato, um dos maiores investimentos que as famílias brasileiras de classe média podem fazer.

Há quem diga que financiar a compra de um imóvel - ou construir a casa própria - não seja uma boa ideia, alegando potenciais vantagens em pagar aluguel, por causa da mobilidade que isso proporciona, entre outros fatores.

Prefiro me fiar na palavra de autores de clássicos sobre educação financeira e investimentos para afirmar que, sim, construir a casa própria pode ser um ótimo investimento, embora toda a suspeição do mundo possa recair sobre meus ombros pelo fato de ser arquiteto.

O norte-americano George S. Clason, autor do best-seller "O homem mais rico da Babilônia" não era arquiteto, mas declarava que morar na própria residência era uma questão de equilíbrio emocional, além da segurança que um teto oferece.

Já o brasileiro Décio Bazin foi mais enfático, ao narrar um episódio em seu livro "Faça fortuna com ações antes que seja tarde" no qual ele orienta um jovem sobre a necessidade de ter a casa própria antes de comprar as primeiras ações.

Luiz Barsi Filho, o maior investidor pessoa física do Brasil, com mais de 1 bilhão de reais girando na Bolsa de Valores de São Paulo, concorda com Bazin. Warren Buffett, simplesmente o maior investidor da história, com dezenas de bilhões de dólares acumulados, mora na mesma casa em Omaha, no interior dos Estados Unidos, desde a década da 1950.

Com tantos anos dedicados ao ofício de projetar casas próprias, era natural que eu me interessasse por investimentos e pelo mercado financeiro em linhas gerais. Conceitos como "margem de segurança", "planejamento" e "definição de metas" são comuns tanto no mercado de capitais como no mercado imobiliário.

Por trabalhar por conta própria, sem um salário fixo, sempre tive renda variável, literalmente. Desde cedo me preocupei em destinar corretamente os ganhos excedentes que pudessem me ajudar a enfrentar momentos de crise.

Venho fazendo isso por intermédio de investimentos na construção civil, mas também através da compra de ações de empresas de grande porte e cotas de fundos imobiliários consolidados. Destas ações e cotas obtenho renda passiva complementar através dos dividendos.

Gostaria de saber mais a respeito? Então tenho uma boa notícia: desde janeiro de 2017 venho colaborando com a Suno Research, uma casa independente de pesquisas sobre investimentos no mercado de capitais, direcionada para investidores de pequeno e médio porte.

Na Suno, escrevo artigos sobre "Value Investing" - investimento em valor - e resenhas de livros que tratam do tema, com o objetivo de passar para um público mais amplo que a independência financeira e a real aposentadoria estão ao alcance daqueles que conseguem poupar parte da sua renda.

Clique aqui para acessar o índice de artigos e boa leitura!

Jean Tosetto é arquiteto e urbanista formado pela FAU PUC de Campinas, com escritório próprio desde 1999. Autor e editor de livros, é adepto do “Value Investing”.

Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário