Expoentes do Value Investing: De Graham a Pabrai: o legado de investidores

Expoentes do Value Investing: De Graham a Pabrai: o legado de investidores
Clique na imagem para acessar a loja da Amazon.

Em apenas um volume você tem acesso aos principais conceitos desenvolvidos por investidores bem-sucedidos que, em comum, escreveram obras seminais sobre as estratégias perenes e universais para vencer no mercado de capitais com foco no longo prazo.

Sinopse


Em dezembro de 2020 o boletim informativo “Suno Call”, preparado pela equipe do Tiago Reis, ultrapassou a marca das 700 edições. Esta newsletter eletrônica matinal sempre é iniciada com uma reflexão livre a respeito do mercado financeiro e seus agentes, incluindo grandes investidores e os livros de referência sobre eles.

Tomando como mote os investidores bem-sucedidos que também se destacaram como autores de obras clássicas da literatura sobre investimentos, o editor associado da Suno Research, Jean Tosetto, selecionou textos sobre sete mestres na arte de investir e ensinar através da palavra escrita. São eles: Benjamin Graham, Décio Bazin, Peter Lynch, Howard Marks, Ray Dalio, Joel Greenblatt e Mohnish Pabrai.

Benjamim Graham é simplesmente o pai do Value Investing, sendo pioneiro na análise fundamentalista das ações, baseada na identificação e interpretação de indicadores contábeis, como a relação entre o preço e o lucro de uma ação. Criador do conceito da margem de segurança e da mítica figura do Senhor Mercado, Graham tornou-se a grande referência para quem veio após ele.

Já Décio Bazin trouxe os conceitos do investimento em valor para a realidade brasileira, ao priorizar empresas com dívidas controladas e capacidade para distribuir dividendos regularmente aos acionistas. Peter Lynch, por sua vez, prefere companhias com elevada taxa de crescimento ao longo dos anos, em busca das famosas “multibaggers”.

O enfoque de Howard Marks recai sobre os ciclos dos mercados, além da necessidade de desenvolver os “Raciocínios de Segunda Ordem”, ao passo que Ray Dalio se debruça sobre o funcionamento da máquina econômica, reservando conselhos aos investidores novatos.

Por fim, temos Joel Greenblatt com sua “Fórmula Mágica” para encontrar ações promissoras, que combinam Valuation atrativo com alta capacidade de geração de lucros, chegando aos ditames de Mohnish Pabrai – o investidor indiano que é um discípulo confesso de Warren Buffett e Charlie Munger.

Ao longo dos capítulos, ilustrados com tabelas e gráficos extraídos do portal Status Invest, que reúne indicadores fundamentalistas dos ativos financeiros listados na Bolsa de São Paulo, o leitor poderá assimilar várias abordagens sobre estratégias que combinam o potencial de resultados positivos com a mitigação de riscos, de modo a incorporar os conceitos universais do Value Investing ao cenário que o cerca.

Sobre o autor


Tiago Reis (1985) é formado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas em São Paulo. Acumula experiências no mercado financeiro desde 2001 e foi sócio-fundador da Set Investimentos. Fundou a Suno Research em outubro de 2016.

Sobre o editor


Jean Tosetto (1976) é arquiteto e urbanista graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Tem escritório próprio desde 1999. O autor e editor de livros é adepto do Value Investing e colabora com a Suno Research desde janeiro de 2017.

Vídeo de apresentação



Vivalendo.com recomenda:


Veja também:



Guia Suno Fundos de Investimentos: Como lucrar com estrategistas profissionais do mercado financeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário